Arquivo de Maio, 2011

A Webtexto lança na segunda-feira o Portugal Daily View, o primeiro ‘site’ noticioso com conteúdos em inglês que visa levar as novidades do que se passa no país aos quatro cantos do mundo.

“Este projecto nasceu da constatação que na procura noticiosa na internet sobre Portugal não há informação em inglês. Até agora, só era possível encontrar notícias sobre o país em inglês em ‘sites’ institucionais ou em jornais estrangeiros, pelo que pela primeira vez vai estar disponível informação feita por jornalistas portugueses para o mundo”, revelou à agência Lusa Vítor Matos, director do Portugal Daily View.

O jornalista especializado em política da revista Sábado desenvolveu este ‘site’ em conjunto com Blandina Costa, jornalista que passou por publicações como o Semanário Económico, Dia D, Focus e Visão, e que será a sub-diretora, tendo realçado que a ideia já vinha de trás, mas quando Portugal saltou para a ribalta noticiosa mundial devido ao resgate internacional negociado com a ‘troika’ (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) por causa da crise da dívida soberana, o projecto foi acelerado.

“Não é tarde, nem é cedo. É já! Foi o que pensámos quando Portugal fez manchetes em todo o mundo devido ao pedido de intervenção externa. Levámos um mês para montar o projecto”, explicou Vítor Matos.

A Webtexto foi fundada em 2000 e conta com seis jornalistas, que até aqui tinham como principal atividade produzir a linha em português da agência de notícias norte-americana Dow Jones, sobretudo, com notícias na área da bolsa e dos câmbios.

“Com a pequena margem de lucro da empresa investimos neste novo ‘site’ que quer servir os estrangeiros que não conseguem ler os jornais portugueses”, realçou à Lusa o jornalista.

O Portugal Daily View fará todos os dias a revista de imprensa, acompanhará as manchetes dos principais jornais, fará a abertura, o meio da sessão e o fecho da bolsa portuguesa, publicará os indicadores económicos mais relevantes do país, mas também terá produção própria.

“Vamos ter especial atenção ao investimento estrangeiro em Portugal e ao investimento português no estrageiro. Queremos acompanhar o que as nossas empresas fazem lá fora”, afirmou Vítor Matos.

Mas a política, o desporto, a cultura e o ‘lifestyle’ também farão parte integrante do novo ‘site’.

“Vamos arrancar já com um especial eleições”, revelou o director, explicando que também “há muita procura lá fora por notícias do desporto português”.

O ‘site’ terá ainda uma área dedicada a blogues que abordam temáticas tão distintas como o quotidiano, a ficção, o futebol, o surf, a gastronomia, o vinho ou o golfe, contando ainda com vários outros blogues independentes associados. A fotografia também não fica de fora do Portugal Daily View.

“Estabelecemos um acordo com a agência Lusa, pelo que o canal Lusa News (em inglês) vai usar notícias do nosso ‘site’, como a revista de imprensa, os comentários de bolsa e os indicadores económicos”, revelou o responsável, explicando que a internet foi o meio escolhido porque “o digital permite alcançar o mundo inteiro”.

O investimento neste projecto “é muito baixo”, disse Vítor Matos, explicando que a Webtexto “é uma empresa pequena que vive das ideias e do empenho”.

Até agora, o projecto não tem nenhum investidor associado, mas já foi contratada uma agência de meios com o intuito de encontrar patrocinadores.

Fonte: SOL

Sangria de vinho tinto

Posted: 26 de Maio de 2011 in [Bebidas]
Etiquetas:,

Tipo de prato: Bebidas

Contemporânea

8 Pessoas
Rápido
Fácil

Ingredientes

  • Laranjas (rodelas finas): 2
  • Limão (rodelas finas): 1
  • Maçãs (verde e vermelha, rodelas finas): 2
  • Canela: 1/4 Colher de chá
  • Brandy: 1/4 Chávena
  • Grand Marinier (opcional): 2 Colher de sopa
  • Laranjas (sumo): 2
  • Limão (sumo): 1
  • Vinho tinto: 1 Garrafa
  • Açúcar: 1/4 Chávena
  • Limonada: 750 ml

Preparação

Numa tigela grande coloque a fruta, canela, brandy e Grand Marnier (se for usar). Misture e deixe ficar de um dia para o outro. Misture o sumo de laranja, limão, vinho, açúcar e a bebida num jarro grande. Adicione a mistura de maçã. Misture bem. Junte gelo e sirva.

Fonte: Sabores.sapo

Os Solitários

Posted: 23 de Maio de 2011 in Uncategorized
Etiquetas:

No solitário, a reclusão, ainda que absoluta e até ao fim da vida, tem muitas vezes por princípio um amor desregrado da multidão e tanto mais forte do que qualquer outro sentimento, que ele, não podendo obter, quando sai, a admiração da porteira, dos transeuntes, do cocheiro ali estacionado, prefere jamais ser visto e renunciar por isso a toda e qualquer actividade que o obrigue a sair para a rua.

Marcel Proust, in ‘À Sombra das Raparigas em Flor’

Magistrado considerou detenção feita pela Polícia Municipal ilegal

Uma magistrada do Ministério Público foi detida em Cascais por um agente da Polícia Municipal por estar a conduzir em contramão e com uma taxa de alcoolemia de 3,08g/litro de sangue, o que constitui crime. No entanto, mais tarde foi libertada por um procurador seu colega, noticia o Correio da Manhã.

O magistrado que anulou a detenção de Francisca Costa Santos, adianta o mesmo jornal, alterou a prática corrente da comarca e ignorou um parecer de 2008 da Procuradoria-Geral da República que considera legítimas as detenções feitas pela Polícia Municipal em flagrante delito, como foi o caso.

A anulação da detenção e do termo de identidade e residência aconteceu na passada terça-feira de manhã, poucas horas depois da magistrada ter sido interceptada a conduzir em contramão na rua Alexandre Herculano, em Cascais.

A procuradora foi sujeita a um teste que revelou uma elevada taxa de álcool no sangue, tendo o agente consumado a detenção e posterior libertação, notificando a magistrada a apresentar-se no Tribunal de Cascais na manhã seguinte.

A procuradora compareceu perante o seu colega que considerou a detenção ilegal, tendo anulado tanto a detenção como o termo de identidade e residência. O processo baixou a inquérito e a procuradora saiu em liberdade.

Nenhum dos envolvidos quis comentar o caso ao Correio da Manhã.

Fonte: Público

A cantora Lady Gaga tornou-se a figura mais influente do mundo, tendo ultrapassado Oprah Winfrey, segundo a lista da revista “Forbes”

Na semana em que foi noticia por ter alcançado 10 milhões de seguidores no Twitter, Lady Gaga volta reforçar a sua influência no universo dos famosos. Segundo a lista dos mais influentes elaborada pela revista “Forbes”, a cantora nova-iorquina é atualmente a celebridade mais poderosa à face da terra. Lady Gaga destrona assim a apresentadora Oprah Winfrey, que esteve anos consecutivos no topo da lista.

Oprah passa agora para o segundo lugar, sendo ultrapassada pela cantora, que além de 10 milhões de seguidores no Twitter tem 32 milhões de “amigos” na rede social Facebook.

Apesar de Oprah Winfrey continuar a ser a celebridade da lista da “Forbes” que mais ganha, esta subida de Lady Gaga reflete o impacto e a expressão cada vez maior das redes sociais no universo dos famosos.

O terceiro lugar pertence ao jovem cantor Justin Bieber, que, com apenas 17 anos, conseguiu que o single “Baby” tivesse cerca de 500 milhões de visualizações no Youtube, um número nunca antes alcançado. Bieber é o mais jovem da lista das celebridades mais influentes. No quarto lugar ficou a banda irlandesa U2, seguindo-se o cantor britânico Elton John (5º), o golfista Tiger Woods (6º), a cantora Taylor Swift e  o vocalista Bon Jovi em sétimo lugar.

O português Cristiano Ronaldo, atual jogador do Real Madrid, é o primeiro ibero-americano a entrar na lista da revista, ficando na 45ª posição.
Apesar do topo da lista estar representado pelo sexo feminino, os homens ocupam 67 das 100 posições do ranking  e são responsáveis por 73% do total de 4,5 mil milhões de dólares (3,1 mil milhões de euros) movimentados por essas celebridades.

Fonte: Expresso

O juiz Michel Obus, do Supremo Tribunal de Nova Iorque, ordenou que Dominique Strauss-Kahn aguarde julgamento em prisão domiciliária. A próxima audiência está marcada para dia 6 de junho. (Leia o documento da acusação no final do texto)

O ex-diretor do FMI foi hoje formalmente acusado de sete crimes, entre eles tentativa de violação de uma empregada de um hotel em Manhattan. O caso segue para julgamento.

Até lá, Dominique Strauss-Kahn aguardará em prisão domiciliária – um apartamento em Nova Iorque – na companhia da sua mulher e com vigilância permanente.

O advogado de defesa, William Taylor, comprometeu-se a entregar o passaporte do político francês, que, no próximo dia 6 de junho, regressará ao Supremo Tribunal de Nova Iorque.

Um sorriso para a mulher e a filha


Dominique Strauss-Kahn (DSK) chegou ao Supremo Tribunal de Nova Iorque cerca das 14h30 (19h30 em Lisboa) desalgemado, barbeado, vestindo um fato escuro sem gravata e uma camisa azul clara.

Mal entrou na sala de audiências número 1324 esboçou um sorriso para a mulher e a filha, que estavam sentadas na primeira fila.

O procurador John McConnell tomou a palavra e explicou que os exames forenses realizados ao acusado e à queixosa, a imigrante guineense que alega ter sido violada por DSK, comprovam que houve um ataque.

McConnell adiantou, ainda, que a queixosa identificou DSK numa esquadra, no domingo, um dia depois do alegado crime.

A acusação insistiu na teoria de que o ex-director do FMI tem meios e conhecimentos que lhe permitem abandonar os Estados Unidos e afirmou que Kahn tem propensão para este tipo de crime, tendo em conta o seu passado.

Um homem armado à porta


William Taylor propôs que DSK saísse da prisão de Rikers Island, mediante o pagamento de uma caução de um milhão de dólares. Garantiu também que o seu cliente ficaria num apartamento alugado em Nova Iorque, na companhia da sua mulher, sob vigilância permanente via pulseira elerónica. “Haverá sempre um homem armado à porta”, disse.

O juiz Michael Obus confessou que existia o risco do político francês refugiar-se na embaixada francesa nos Estados Unidos, acrescentando tratar-se de um cidadão natural de um país sem acordo de extradição com os Estados Unidos.

6 milhões de dólares


Após uma pequena paragem, Obus regressou à sala de audiência e, às 15h30 (20h30 em Lisboa), deliberou que DSK aguardasse julgamento em prisão domiciliária, mediante o pagamento de uma caução de um milhão de dólares e a apresentação de mais cinco milhões em garantias (propriedade, conta bancária, etc.)

À saída do tribunal, William Taylor confessava: “este é um momento de grande alívio para a família”.

(clique na imagem para ver o documento em formato PDF)


(clique na imagem para ver o documento em formato PDF)

Fonte: Expresso

Anúncio Citroen C3

Posted: 20 de Maio de 2011 in Uncategorized
Etiquetas:,

Muito bom este anúncio Hehehe.