Arquivo de Outubro, 2010

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção, divulgou, hoje, quinta-feira, fotos tiradas a alguns dos objectos de luxo (entre eles dez carros de gama alta) apreendidos a indivíduos ligados a empresas, falidas, que terão lesado o BPN em cerca de 100 milhões de euros em empréstimos fraudulentos obtidos em 2007.

Três dos indivíduos (Carlos Marques, empresário e dois advogados, Diamantino Morais e Teresa Cantanhede), detidos na operação da PJ, foram presentes Tribunal Central de Instrução Criminal. Foram ainda constituídos arguidos seis indivíduos.

Teresa Cantanhede saiu já em liberdade do tribunal, tendo como única medida de coacção o Termo de Identidade e Residência, segundo declarou o advogado da arguida. Miguel Aires adiantou que a cliente não teve de pagar caução para sair em liberdade. Acrescentou ainda que Teresa Cantanhede saiu pelo próprio pé do Tribunal Central de Instrução Criminal, onde foi ouvida pela juiz Carlos Alexandre.

Os outros dois detidos, que estava previsto serem interrogados ainda hoje, quinta-feira, serão ouvidos amanhã, revelou o advogado António Barreiros, que já deixou as instalações do tribunal.

Os detidos respondem pelos crimes de burla qualificada, fraude fiscal qualificada, falsificação de documentos, abuso de confiança, branqueamento e corrupção.

Os outros arguidos no processo, entre os quais estará incluído o vereador da Câmara Municipal de Sintra, Luís Duque, serão ouvidos em data ainda a determinar.

Na investigação, que envolveu 160 elementos da PJ, magistrados do Ministério Público e Judiciais, foram apreendidas dez viaturas de gama alta (Mercedes, Porsche, Ferrari, Lamborghini, Aston Martin e McLaren Mercedes), de elevadíssimo valor comercial (vários milhões de euros), uma embarcação de recreio, no valor de 1,7 milhões de euros.

A operação da PJ decorreu nos últimos dois dias e envolveu 55 buscas (domiciliárias e não domiciliárias) a escritórios de advogados, notários, uma Câmara Municipal, contabilistas, empresas de avaliação imobiliária (Futurbelas e Imonamur com sede em Penafiel) e a Beyond Home, instituições de crédito e sociedades financeiras.

Além das viaturas e da embarcação de recreio, a PJ apreendeu documentação (inclusive a relativa a sociedades offshore), computadores, carimbos e selos brancos, que considera ter “enorme relevância probatória”, cinco armas de fogo e mais de cem mil euros em numerário.

Segundo a PJ, “ao dinheiro proveniente dos financiamentos foi dado destino diferente do inicialmente proposto (subjacente à concessão e aprovação de crédito) e os projectos em que assentam as avaliações nunca foram concretizados.”

A Judiciária acrescenta, ainda, que “encontra-se fortemente indiciado que os suspeitos utilizaram sucessivos financiamentos bancários, (em valor superior a cem milhões de euros), com recurso a sociedades por si representadas e/ou controladas, sustentados em garantias falsas ou imóveis sobreavaliados, conluiados com empresas de avaliação imobiliária e altos quadros de instituições bancárias, colocando-se, seguidamente, em situação de incumprimento, deixando executar as garantias de valor inferior ao montante financiado.”

“Das práticas ilícitas em investigação faz parte a manipulação da contabilidade das empresas, dando-lhes uma aparente seriedade e ocultando os verdadeiros fluxos financeiros, encaminhados a final para contas tituladas por sociedades offshore, para aquisição de outros imóveis (com os quais obtiveram novos financiamentos, numa lógica de “roullement” de créditos) ou para aquisição de bens de luxo (embarcações de recreio e automóveis topo de gama)”, acrescenta a PJ, em comunicado.

Fonte: Jornal de Notícias

Anúncios

ERC emite recomendação à Benfica TV

Posted: 28 de Outubro de 2010 in [Noticias]
Etiquetas:, , ,

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) emitiu hoje uma recomendação à Benfica TV após uma falsa informação sobre a morte de um adepto, mas fonte do clube diz que o regulador «não percebeu» os esclarecimentos do Benfica.

Em causa esteve uma notícia de 14 de Maio de um programa da estação de televisão do Benfica «sobre a alegada morte de um adepto benfiquista na sequência dos confrontos verificados» em Braga aquando dos festejos do título de campeão nacional de futebol, «notícia que se verificou ser inverídica», sublinha a ERC.

Fonte oficial do clube lisboeta disse que a ERC «não percebeu os esclarecimentos» prestados pelo Benfica, já que a informação da alegada morte «foi veiculada» por um telespectador e não «por um profissional da Benfica TV».

De todo o modo, sublinha a mesma fonte, o canal vai «acatar a recomendação da ERC».

A recomendação da ERC deverá agora ser publicitada, de acordo com os estatutos do regulador, «no serviço noticioso de maior audiência do operador».

A entidade reguladora desencadeou o processo após queixas apresentadas por cidadãos, e considerou que «os factos noticiosos, cuja divulgação motivou as queixas, não só se revelaram pouco rigorosos como totalmente falsos», salientando ainda que «a notícia, pelo objecto abordado e público-alvo do serviço de programas, poderia ter gerado alarme social» e «potenciando acções de violência entre adeptos de clubes de futebol rivais».

Após ouvir a direcção da Benfica TV no âmbito do processo de averiguações, a ERC deu por «verificada a falta de rigor informativo, porquanto a Benfica TV não observou os deveres ético-legais de verificação dos factos e comprovação das fontes da notícia».

O organismo alerta o canal para que «se necessário» sejam incluídos o «maior número de jornalistas na edição de programas com conteúdo informativo», de modo a não permitir, na sua emissão, «a difusão de rumores susceptíveis de causar alarme entre os telespectadores, sempre que não obtiver a confirmação dos factos relatados».

Fonte: SOL

Top-model brasileira desfila para a Victoria’s Secret com uma peça de 2 milhões de dólares.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Medida é para evitar acidentes e se não for cumprida dá direito a multa.

Prostitutas espanholas que trabalham numa cidade no norte de Espanha, na Catalunha, são obrigadas a usar coletes reflector por questões de segurança. Se não cumprirem pagam uma multa de 40 euros.

De acordo com o «Telegraph», a polícia afirmou que as prostitutas não estão a ser punidas por causa do que fazem, mas por porem em risco os condutores.

As prostitutas sem colete vão contra uma lei de 2004 que diz que quem anda a pé nas principais vias deve usar roupas de alta visibilidade.

Estima-se que 300 mil mulheres trabalhem como prostitutas em Espanha.

Fonte: TVI24

IP do autor do ataque informático foi localizado numa universidade em Taiwan

O site oficial dos prémios Nobel foi alvo de um ciberataque com origem em Taiwan, informou a operadora de telecomunicações norueguesa Telenor.

A menos de três semanas depois de o dissidente chinês Liu Xiaobo ter sido laureado com o prémio internacional, o website «foi comprometido ou, como se diz de forma mais popular, atacado», confirmou o responsável pelos serviços de segurança informática da Telenor, Frank Stien, à AFP.

Ao visitar o website do nobel, os internautas arriscavam-se a passar um «trojan» para o seu computador, um programa muito difícil de detectar que permite acesso ao controlo do computador à distancia.

«Não podemos adiantar nada sobre a identidade do agressor ou os seus motivos», declarou Stien, esclarecendo que, apesar da direcção IP do autor do ataque corresponde à Universidade Nacional Chiao Tung de Taiwan, não significa necessariamente que o ataque proceda daí, uma vez que os «hackers» utilizam frequentemente outros computadores para ocultar o seu rasto.

O Instituto Nobel, com sede em Oslo, confirmou ter tomado conhecimento do ataque, mas sublinhou que a situação já foi resolvida e que já não é perigoso visitar o website.

Fonte: TVI24

Asus e Garmin cessam parceria

Posted: 25 de Outubro de 2010 in [Tecnologias]
Etiquetas:, , ,

A Asus vai terminar a sua parceria com a Garmin na área dos smartphones. Os analistas acreditam que este é o fim da linha da Garmin neste segmento

A informação está a ser avançada pela agência Reuters, que refere que a Asus irá divulgar mais pormenores sobre o fim da parceria entre as duas empresas para amanhã.

Citado pela agência noticiosa o analista Tim Shepherd, da Canalys, afirma que este anúncio da Asus poderá significar que a Garmin, mais conhecida pelos sistemas GPS, deverá deixar os smartphones.

«O mercado dos smartphones está a assistir a um enorme crescimento, mas a aliança Garmin-Asus até à data apenas apresentou números desapontantes», sublinha o analista.

A Reuters nota ainda que já em Setembro um executivo da Garmin tinha adiantado à agência que estava a equacionar a unidade de smartphones da empresa, que podia passar pela cessação de actividades.

Do lado da Asus, os analistas citados pela agência prevêem que o futuro passa por lançar smartphones em nome próprio ou com outro parceiro.

Fonte: SOL

A próxima versão do sistema operativo da Microsoft deverá chegar ao mercado em 2012

A data não é oficial, mas apareceu numa mensagem publicada no site da filial holandesa da Microsoft, que entretanto já foi alterada.

Mas antes de ter sido identificada pela empresa, já diversos bloggers a tinham visto e resolveram espalhar o rumor.

De acordo com estes bloggers especializados, na tal mensagem, que tinha como objectivo comemorar o primeiro aniversário do Windows 7, o autor indicava que a Microsoft estava a trabalhar arduamente no Windows 8, que deverá ser lançado daqui a dois anos.

Entretanto a frase em causa acabou por ser alterada por uma mensagem onde se diz que o Windows 7 Service Pack 1 está a ser testado e vai ser lançado no primeiro semestre de 2011.

Fonte: SOL